Image Map
Instituição Notícias Cursos Graduação Pós-graduação Extensão Oportunidades CEPE Faat On Line Processo Seletivo
PIBID

 

 PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

PIBID-FAAT

Apresentação

O PIBID é um dos projetos financiados pela CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) em parceria com o MEC - Ministério da Educação através do FNDE- Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação.  Tem por finalidade valorizar o profissional do magistério e apoiar a formação dos estudantes dos cursos de licenciatura das instituições de Ensino Superior.

O programa foi regulamentado em 24 de junho de 2010, através de publicação no DOU - Diário Oficial da União -, decreto nº 7.219 assinado pelo então Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pelo Ministro da Educação, Fernando Haddad.

Importante lembrar em seus primeiros anos o PIBID era somente aberto à participação apenas de universidades públicas ou sem fins lucrativos, porém em 2013 o programa foi aberto também às Universidades e Faculdades particulares. Nessa oportunidade a FAAT teve seu projeto aprovado, iniciando suas atividades em 2014. Atualmente 284 instituições em todo o país participam do projeto, sendo somente 19 delas com fins lucrativos. 

Uma das características do programa é a concessão de bolsas a alunos de licenciatura participantes de projetos de iniciação à docência desenvolvidos por Instituições de Educação Superior (IES) em parceria com escolas de Educação Básica da rede pública de ensino.

Os projetos devem promover a inserção dos estudantes no contexto das escolas públicas desde o início da sua formação acadêmica para que desenvolvam atividades didático-pedagógicas sob orientação de um docente da licenciatura e de um professor da escola.

Objetivos do Programa

São objetivos do PIBID:

  •  Incentivar a formação de docentes (em nível superior) para a Educação Básica;
  •  contribuir para a valorização do magistério;
  •  elevar a qualidade da formação inicial de professores nos cursos de licenciatura,     promovendo a integração entre educação superior e Educação Básica;
  •  inserir os licenciandos no cotidiano de escolas da rede pública de educação, proporcionando-lhes oportunidades de criação e participação em experiências metodológicas, tecnológicas e práticas docentes de caráter inovador e interdisciplinar que busquem a superação de problemas identificados no processo de ensino-aprendizagem;
  •  incentivar escolas públicas de Educação Básica, mobilizando seus professores como coformadores dos futuros docentes e tornando-as protagonistas nos processos de formação inicial para o magistério; e
  •  contribuir para a articulação entre teoria e prática necessárias à formação dos docentes, elevando a qualidade das ações acadêmicas nos cursos de licenciatura.

Como funciona?

Instituições de Educação Superior interessadas em participar do PIBID devem apresentar à CAPES seus projetos de iniciação à docência conforme os editais de seleção publicados. Podem se candidatar IES públicas e privadas com e sem fins lucrativos que oferecem cursos de licenciatura.

As instituições aprovadas pela CAPES recebem cotas de bolsas e recursos de custeio e capital para o desenvolvimento das atividades do projeto. Os bolsistas do PIBID são escolhidos por meio de seleções promovidas por cada IES.

Recursos de custeio e capital

Instituições públicas e privadas sem fins lucrativos participantes do PIBID podem receber recursos financeiros para custear despesas essenciais à execução dos projetos, por exemplo, a aquisição de material de consumo para as atividades desenvolvidas nas escolas. Para as instituições particulares, caso da FAAT,  esses recursos financeiros são concedidos pela própria instituição como contrapartida pela participação no projeto.

Modalidades de bolsa

A CAPES concede cinco modalidades de bolsa aos participantes do projeto institucional:

1. Iniciação à docência - para estudantes de licenciatura das áreas abrangidas pelo subprojeto.

2. Supervisão - para professores de escolas públicas de Educação Básica que supervisionam, no mínimo, cinco e, no máximo, dez bolsistas da licenciatura. 

3. Coordenação de área - para professores da licenciatura que coordenam subprojetos. 

4. Coordenação de área de gestão de processos educacionais - para o professor da licenciatura que auxilia na gestão do projeto na IES. 

5. Coordenação institucional - para o professor da licenciatura que coordena o projeto PIBID na IES. Permitida a concessão de uma bolsa por projeto institucional. 

As bolsas são pagas pela CAPES diretamente aos bolsistas, por meio de crédito bancário.

Coordenador institucional

O coordenador institucional (CI) é o gestor de um projeto PIBID em uma instituição de Ensino Superior.

A coordenadora Institucional da FAAT é Profa. Dra. Maria Eli Puga Beltrão

Principais atribuições

Um CI tem as seguintes atribuições principais:

  •  acompanhar as atividades previstas no projeto;
  •  dialogar com a rede pública de ensino;
  •  selecionar coordenadores de área;
  •  designar a função do coordenador de área de gestão de processos educacionais;
  •  cadastrar e atualizar a relação de participantes para o pagamento da bolsa;
  •  usar os recursos solicitados para o projeto;
  •  prestar contas regularmente.

Coordenador de área

O coordenador de área (CA) é o gestor de um subprojeto PIBID em uma instituição de Ensino Superior. Já o coordenador de área de gestão de processos educacionais (CG) é o auxiliar do coordenador institucional (CI).

Os coordenadores de área da FAAT são:

Profa. Dra. Alaide Aparecida dos Santos Fernandes - coordenadora do subprojeto de Licenciatura em Letras  

Profa. Ms. Gloria Aparecida Pereira de Oliveira - Coordenadora do subprojeto de licenciatura em Pedagogia

Profa. Ms. Adriana Martins Garcia Coordenadora do subprojeto de licenciatura em Matemática

Profa. Ms. Maria Inês Ruas Vernalha - Coordenadora do subprojeto de licenciatura em Artes tendo como profa.  colaboradora Profa.  Camila Fernanda Silva Mantovaninni

Principais atribuições

São atribuições do CI:

  •  acompanhar as atividades previstas no subprojeto;
  •  dialogar com a rede pública de ensino;
  •  integrar comissões de seleção de supervisores e bolsistas de iniciação à docência;
  •  informar ao ci alterações na relação de participantes para o pagamento da bolsa;
  •  apresentar ao ci relatórios periódicos sobre o subprojeto;
  •  a atribuição principal do cg é apoiar o ci na gestão do projeto, portanto, a natureza deste apoio deve ser definida quando o cg assumir sua função.

Supervisor

Supervisor do PIBID (SUP) é o professor da escola de Educação Básica pública que orienta e viabiliza as atividades dos bolsistas de iniciação à docência (ID) na escola.

Principais atribuições

Um supervisor tem as seguintes atribuições:

  •  informar à comunidade escolar sobre as atividades do projeto;
  •  elaborar, desenvolver e acompanhar atividades dos bolsistas id;
  •  controlar a frequência dos bolsistas id nas atividades;
  •  participar dos seminários de iniciação à docência promovidos pelo projeto;
  •  criar e manter atualizado um currículo na Plataforma Freire (ele costuma ser solicitado por instituições de fomento para inscrição em processos seletivos de auxílios).

Bolsista de iniciação à docência

Bolsista de iniciação à docência (ID) é o estudante de licenciatura participante do PIBID.

Principais atribuições

O estudante de licenciatura é a principal figura do PIBID, pois o programa foi desenhado para enriquecer sua formação prática. Ao ingressar no PIBID, será necessário:

  •  dedicar ao menos 8 (oito) horas semanais às atividades do projeto;
  •  elaborar portfólio com o registro das ações desenvolvidas;
  •  apresentar os resultados de seu trabalho no seminário de iniciação à docência promovido pela IES.

Observação: o bolsista ID não pode assumir as funções de um professor da escola nem realizar atividades administrativas, seja na escola, seja no projeto. 

 


 
 
INSTITUIÇÃO

Histórico
Missão e Objetivos
Corpo Administrativo
Secretaria
Infra-Estrutura

NOTÍCIAS

Índice de Notícias
Busca
Jornal da FAAT
Imprensa

OUTROS LINKS

CPA - Comissão Própria de Avaliação
Links
Central de Relacionamentos
Como Chegar
Fale Conosco

CURSOS - GRADUAÇÃO

Administração
Análise e Desenvolvimento de Sistemas
Artes Visuais
Ciências Contábeis
Comunicação Social - Jornalismo
Comunicação Social - Publicidade e Propaganda
Comunicação Social - Relações Públicas
Direito
Design de Interiores
Engenharia Civil
Engenharia de Produção
Finanças
Gestão Ambiental
Gestão de Recursos Humanos
Letras
Logística
Marketing
Matemática
Pedagogia
Psicologia
Redes de Computadores
CURSOS PÓS-GRADUAÇÃO

Engenharia de Segurança do Trabalho
MBA Executivo Empresarial
MBA Gestão de Projetos
MBA Gestão e Desenvolvimento de Pessoas
MBA Desenvolvimento de Habilidades Gerenciais
MBA Gestão Financeira e Controladoria
MBA em Logística
Gestão Ambiental
MBA em Gestão da Tecnologia da Informação
Direito Civil e Processual Civil
Arte-Educação e Inclusão
Psicopedagogia
Educação Infantil e Alfabetização
Metodologia do Ensino - Séries Iniciais do Ensino Fundamental
Educação Especial e Inclusiva: Deficiência Intelectual (aprovado pelo CEE-SP)
Gestão Escolar - Formação de Gestor Escolar (aprovado pelo CEE-SP)
Terapia Cognitivo Comportamental
Fundamentos da Psicossomática Infantil (aperfeiçoamento)
Fundamentos da Psicanálise (aperfeiçoamento)
EXTENSÃO

Cursos Educação Continuada
Cursos Livres
Projetos de Extensão
Iniciação Científica
Conselho Científico
Relatórios de Pesquisa
Produção Acadêmica
Revista Científica
Painel da Educação

OPORTUNIDADES

Vagas
Cadastrar Vaga
Convênio de Estágio

BIBLIOTECA

Quem foi João Pereira Dias?
Horário de Funcionamento
Regulamento
Bases de Dados
Periódicos / Links Eletrônicos
Acervo Biblioteca

FAAT ONLINE

Professores
Alunos

PROCESSO SELETIVO

Informações
Cursos Oferecidos
Inscrição
Consultar Inscrição
Gabarito
Preços
Calendário
Edital
Manual
Provas Anteriores
Bolsas de Estudo

 
 
FAAT - Estrada Municipal Juca Sanches, 1050 - Boa Vista - (11) 4414 4140 / Unidade Centro: Av. 9 de Julho , 288 - (11) 4413-1671 - (11) 4412-6738 - ()11) 4411-6728